Cadela de 5 anos não sobrevive a viagem de Marabá para São Paulo

Dois meses após a morte de Joca, outro Golden Retriever perde a vida durante transporte de animal.

Cadela de 5 anos não sobrevive a viagem de Marabá para São Paulo

Dois meses após a morte de Joca, outro Golden Retriever perde a vida durante transporte de animal.class="html-br">class="html-br">A história de Joca, o Golden Retriever que faleceu durante um voo da Gol em abril deste ano, ainda não terminou. Infelizmente, outro caso semelhante aconteceu: Gaia, uma cadela da mesma raça, morreu durante um transporte terrestre realizado pela empresa MooviPet.class="html-br">class="html-br">Gaia, de 5 anos, foi enviada de São Luís do Maranhão para São Paulo no dia 26 de julho. A viagem, que deveria durar cinco dias e ser realizada com conforto e segurança, se transformou em um pesadelo para a tutora da cadela, Jakeline Jovita de Souza.class="html-br">class="html-br">Ao acompanhar o trajeto por um rastreador, Jakeline percebeu que o veículo havia parado em um local fora da rota original, em Marabá, no Pará. Preocupada com o bem-estar de Gaia, ela entrou em contato com a empresa, solicitando que a cadela fosse retirada do veículo devido ao calor intenso.class="html-br">class="html-br">No entanto, a MooviPet não forneceu informações claras sobre o que aconteceu com Gaia. A empresa apenas informou que a cadela havia passado mal e falecido em Marabá, sem explicar como ela chegou até lá, já que esse local não fazia parte do trajeto original.class="html-br">class="html-br">Jakeline, inconformada com a morte de sua amada Gaia, busca justiça e respostas da empresa. "Para todo mundo eles dão a mesma justificativa, 'que o animal passou mal', mas não explicam o que realmente aconteceu", desabafa ela.class="html-br">class="html-br">O caso de Gaia é mais um capítulo triste na história da negligência no transporte de animais. A MooviPet, que se anuncia como uma empresa que "faz o transporte de pets com conforto e sem tratá-los como mercadoria", falhou em sua missão de garantir a segurança e o bem-estar de Gaia.class="html-br">class="html-br">O transporte terrestre de animais de grande porte, como Gaia, não é barato. Para um trajeto do Maranhão a São Paulo, o custo pode chegar a R$ 2.400,00. No entanto, nem mesmo esse valor elevado é garantia de que o animal chegará ao seu destino em segurança.class="html-br">class="html-br">Fonte: Portal HS