I Festival de Tecnobrega e Aparelhagem divulga o line-up

O I Festival de Tecnobrega e Aparelhagem acaba de divulgar o line-up da programação que vai acontecer em Belém.

Divulgação

Divulgação

O I Festival de Tecnobrega e Aparelhagem acaba de divulgar o line-up da programação que vai acontecer em Belém. O evento terá três dias gratuitos de fórum no Palacete Faciola, de 27 a 29 de maio, com 6 mesas de debate e 4 oficinas. No dia 30, o rock doido ocupa o Palácio dos Bares e leva um palco flutuante para o meio do rio Guamá, com DJs, bandas e aparelhagens. Os ingressos para os shows estão à venda e há inscrições gratuitas para os dias de fórum.

Representando a diversidade dos soundsystems da Amazônia, Super Pop Live, a batalha entre o Novo Brasilândia e o Diamantina, e o Luxuoso Tamatá tocando diretamente de uma balsa no meio do rio Guamá. Mostrando a diversidade e a história do brega, Fruto Sensual, Nelsinho Rodrigues + Aninha, David Sampler convida Os Alucinados do Tecnobrega: Keila, Maderito, Marlon Branco, além das DJs Meury, Mayara Barreto, Dyselma Serrão e do Cyber Dj Gil com a Batalha de Equipes de Dança completando a programação.

"Vão rolar vários fóruns e várias mesas de conversa. É o momento da gente entender como é que a gente existe e resiste aqui nesse cenário do brega é uma tomada de consciência que é importantíssima para nós enquanto representantes, enquanto comunidade, enquanto cultura. É pra gente se orgulhar de tudo que a gente vem construindo ao longo desses, refletir sobre essa cultura riquíssima e pensar as projeções futuras de como a gente vai levar esse movimento adiante", celebra Keila Gentil, um dos principais nomes do "treme", estilo de tecnobrega.

O evento surge como um novo marco na região Norte: é a primeira vez que produtores, DJs, artistas, pesquisadores e empresários do mercado se reúnem para debater questões sobre esse universo tão importante para a cultura contemporânea da música. O Festival tem patrocínio da Budweiser através da Lei Semear, Fundação Cultural do Pará, Secretaria do Estado de Cultura e Governo do Pará. O evento tem realização da Psica Produções e do Instituto Regatão.

Fórum

A primeira edição do fórum vai trazer para os holofotes grandes nomes do mercado do brega, desde produtores, empresários, músicos, até aparelhagens e artistas, para falar sobre suas experiências na construção desse mercado. Os debates e oficinas gratuitos ocorrerão nos dias 27, 28 e 29. As inscrições estão abertas.

Esta é a primeira vez que esses grandes nomes do brega são convidados para compartilhar seus conhecimentos e experiências num evento inteiramente dedicado ao setor das festas de aparelhagem. "Vamos conversar com as pessoas que deram origem à cultura de aparelhagens. Vamos promover o encontro dos donos de aparelhagens, com artistas que fazem sua carreira, e os DJs para dialogar e trocar experiências sobre essa cena que é tão potente, e entender os gargalos que existem. Também para entender como o tecnobrega pode se colocar como gênero musical do Brasil inteiro. A gente já teve a Gaby Amarantos, que ganhou Grammy com um álbum de tecnobrega; tem a música da Joelma, a Voando Pro Pará; a Manu Bahtidão; a Pablo Vittar, que lançou um segundo álbum de tecnomelody; a Anitta já foi gravar clipe em aparelhagem. Existe interesse do público externo por essa cena, e o festival é uma forma da gente contribuir para essa cena se potencializar", destaca Zek Picoteiro.

Pesquisador, produtor musical e curador do festival, com uma experiência de quase 10 anos na cena paraense, Zek espera que o espaço sirva para que todos possam dividir experiências e buscar soluções. Todos os debates serão gravados e disponibilizados posteriormente para o público e pesquisadores.

"É uma cena bastante orgânica e popular, onde cada um vai fazendo o seu trabalho. Dificilmente se reúnem para pensar as coisas juntos. O Psica é uma produtora que conhece e reverbera a cultura das aparelhagens, e como eles reconhecem o papel do Psica no movimento, todo mundo vem conversando. A vontade deles é de compartilhar e contar a própria história. Está todo mundo muito ansioso, para contar as suas vivências, as suas versões, porque uma cena tão rica como essa não tem uma versão, são várias versões. Queremos apresentar o máximo de falas e de pontos de vista", diz.

Entre os temas que serão debatidos no Festival, estão "As origens do Tecnobrega", "Carregadores de Aparelhagem", "No passinho do caquiado", "Encontro de Aparelhagens", "Do controlista ao DJ", "Planejamento de Carreira Artística", "Qual o futuro do Tecnobrega?".

Já as oficinas irão abordar temas como "Produção de beats com David Sampler", "Workshop de Tecnobrega", com Zek Picoteiro, "Vjs de Aparelhagem", com Kauê Bentes e Lucas Mariano e "Dança", com "Potentes do Brega". As oficinas são voltadas para um público que já atua de alguma forma nesse cenário, como uma qualificação profissional para artistas, produtores musicais do mercado de tecnobrega e aparelhagem do Estado do Pará.

Festa de aparelhagem

O encerramento do festival contará com uma grande festa no Palácio dos Bares e em uma balsa no meio do Rio Guamá, que terá a apresentação de uma aparelhagem do interior do Estado. Em seguida.

"A cultura de aparelhagem é essencialmente ribeirinha. Ela vem de Abaetetuba, do Marajó, de Bragança, Capanema. Ela acontece forte no interior. Por isso, vamos montar uma aparelhagem do interior do Pará, de Vigia, com shows de artistas de tecnobrega no meio da baía", destacou Zek.

Serviço:

Festival de Tecnobrega e Aparelhagem

Quando

Oficinas e Mesas - de 27 a 29 de maio

Shows - 30 de maio

Onde

Mesas e oficinas - Centro Cultural Palacete Faciola (Av. N¬™ Sra. de Nazaré, 138 - Nazaré)

Shows - Palácio dos Bares e Balsa no Rio Guamá (Av. Bernardo Sayão - Cidade Velha)

Quanto

INGRESSOS

Rock Completo - Pista Balsa + Pista Palácio dos Bares

R$200,00 (inteira)

R$100,00 (meia estudante, professor e ingresso solidário*)

Pista Palácio dos Bares

R$100 (inteira)

R$50,00 (meia estudante, professor e ingresso solidário*)

*mediante entrega de 1kg de alimento não perecível ou peça de roupa, que serão doados para famílias desabrigadas do Rio Grande do Sul

ingresse.com/tecnobregafest2024